Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Acidente fatal em Vilhena na BR-364: PRF consegue identificar dois corpos

0

Foi confirmado na última hora da noite desta quarta-feira, 19, que o acidente ocorrido durante a tarde, no KM 70 da BR-364, próximo ao distrito de São Lourenço, sentido Porto Velho, deixou quatro mortos, dois feridos e um desaparecido.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram envolvidos no acidente uma Scania de cor prata com dois semirreboques, um caminhão frigorífico, um caminhão prancha, que transportava mais dois caminhões, um caminhão carroceria, que transportava um trator e outro caminhão, que não foi identificado, devido ter sido totalmente danificado pelo fogo.

O acidente que deixou um cenário de guerra na BR e paralisou a via por horas, causou a morte do caminhoneiro Paulo Rodrigues da Silva, de 66 anos, que apesar de ter sido socorrido com vida, morreu a caminho do hospital e de mais três pessoas, que só poderão ser identificadas através de exames de DNA, devido terem tidos seus corpos carbonizados.

Além das mortes confirmadas, uma mulher identificada como Sirlene dos Santos Antônio, de 30 anos, e sua filha de 06 anos ficaram feridas e foram socorridas por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros até o Hospital Regional de Vilhena, onde permanecem internadas, mas não correm risco de morte.

Sirlene, que afirmou ser moradora da cidade de Rondonópolis/MT, afirmou que em um dos caminhões seguia uma criança de dois anos, que não teve seu corpo localizado pela equipe de resgate.

Devido à gravidade do acidente, tudo leva a crer que o corpo da criança tenha se desintegrado em meio às chamas.

Os corpos das vítimas se encontram no necrotério da funerária São Mateus, onde amanhã serão submetidos à autópsia para identificação.

Uma das vítimas que teve o corpo carbonizado.
Paulo Rodrigues da Silva, de 66 anos. Vítima fatal que morreu a caminho do hospital.

Equipes da PRF continuam no local sinalizando a via que foi liberada desde as 23h30.

Comments
Carregando comentários...